domingo, 14 de agosto de 2011

Foi bom ter-te de volta. Foi pouco, mas foi bom.


O Sporting está de volta!

É isto que diz o slogan. Mas o que é que isso significa?

Há um Sporting que está de volta. O Sporting que não ganha 3 pontos nos detalhes, o Sporting que não aproveita as escorregadelas de Benfica e Braga e não coloca pressão no Porto. O Sporting que que fica instável após sofrer o golo do adversário e que se demorou a encontrar. Esse Sporting está de volta. É o mesmo Sporting que não consegue impor respeito a uma equipa de arbitragem nem ao adversário (é lamentável a substituição de Ivanildo. O seu guarda-redes está a ser assistido e dá-se ordem de substituição. Ivanildo permanece parado. Continua parado. O guarda-redes está recuperado e Ivanildo avança. O jogo não recomeçou enquanto Ivanildo, 3 minutos depois de lhe ter sido dado ordem de substuição, tivesse saído. Os médicos que assistiram o seu guarda-redes saíram primeiro. Isto só acontece em Alvalade...).
Confesso que não tinha saudades deste Sporting.

Mas há outro Sporting que está de volta!
O Sporting que lutou com qualidade até ao fim do jogo, sem uma ponta de desespero no seu fio de jogo, na organização e nos princípios que preparou para este jogo. Está de volta (onde andavas?) o Sporting que jogou junto, que fez a bola rodar (quantas jogadas em pontapé longo iniciaram Polga e Rodriguez? Uma? Duas?) entre os seus jogadores e que usou todos os espaços do campo para atacar e defender. Voltou o Sporting que não cedeu espaço a uma Olhanense que tinha tudo para explorar contra-ataques após estar a ganhar. Voltou o Sporting que tem um público a sentir que se está a jogar à bola e que apoiou e acreditou até ao fim.
Tinha saudades deste Sporting.

Já fazia muito tempo que não via futebol em Alvalade, mas ainda não chega para ganhar.

Um Sporting assim vai, certamente, ganhar mais vezes do que empatar ou perder.

O sinal negativo, para mim, foi este:
- Domingos sentiu, muitas vezes, a pressão;
- sentiu-a quando colocou André Santos a titular (o jogo na Selecção, os elogios que recebeu, "obrigaram" Domingos a arranjar espaço para ele). 1º erro.
- sentiu-a quando coloca Rubio a pedido exterior. 2º erro. Era Wolfswinkel que tinha que entrar. 3º erro.

O Sporting está de volta! Tal como Izmailov. E tudo isso é bom, muito bom. Ainda não chega, é certo, mas um dia vai chegar.


ps: valerá a pena falar da arbitragem? Penalty e expulsão aos 11 minutos. Jefren expulso (porquê, Jefren, porquê?). Golo limpo de Postiga. Queima de tempo constante da Olhanense.
ps2: por favor, mais uma vez, não me voltem a falar mal do Polga. É que já ninguém a acredita que dizer mal dele seja mesmo de verdade. É o melhor defesa do Sporting!
ps3: não são assobios que vão retribuir a confiança a Djaló e Postiga. E o problema de Postiga com a baliza começa a ganhar contornos de bruxaria... Cabeceamento na pequena área e nem à baliza vai?

12 comentários:

tiago SCP disse...

O Wolfswinkel tinha que entrar porque?
Onde está estabelecido isso?
Esse sim seria um erro, pois já deu para perceber a diferença de qualidade entre Rubio e Ricky...

SL

Bernardo Cortes disse...

Concordo que o Wolfswinkel é que devia ter entrado, mas para o lugar do Postiga. O Rubio ainda está muito maduro e não aguenta a pressão. Foi claramente um pedido das bancadas a que Domingos acedeu...

SL

Bernardo Cortes disse...

PS: Tiago, o que é que já viste do Ricky? Meia dúzia de jogos? E já falas da qualidade que não têm?
Eu, que conheço o gajo desde que começou no Utrecht posso dizer-te que ainda não mostrou nada do seu potencial. Até te digo mais, o Wolfswinkel, com 22 anos e a jogar no Utrecht, tem uma média superior de golos em relação ao Falcão, antes de ir para o Porto.

Cantinho do Morais disse...

tiago SCP,

talvez eu não tenha sido claro nessa minha opinião.
O Sporting nessa altura estava com Izmailov em campo, Djaló e Schaars mais adiantado em relação à 1ª parte. Com isto, tinha jogadores óptimos que sabem jogar em espaços interiores, que procuram diagonais e que têm audácia no passe a rasgar defesas. Nesse sentido, Wolfswinkel é muito bom jogador pois sabe posicionar-se na linha da defesa para receber o jogo que esses produzem. Aliado a isso, Postiga recuaria um pouco mais para fazer o que melhor sabe, receber de costas para a baliza e poder tabelar com esses 3 (desposicionando 1 ou 2 defesas), dando espaço a Wolfswinkel.
Rubio já não é tanto assim. Tem outros espaços no terreno e não esses que o Sporting podia explorar naquele momento.

Aliado a isto há um dado que Bernardo Cortes sublinhou e bem: a experiência de um e do outro. O jogo não estava favorável e o ambiente também não. Wolfswinkel estará mais habituado do que Rubio que, sabendo que é um pedido da bancada, jogará, aos 18 anos, mais para a bancada do que para a equipa. É normal, é a idade e é a pressão.

Nunca me viu elogiar Wolfswinkel por isso não sei porque diz que "está estabelecido" ele jogar. Não está, mas para mim, ontem, ele devia ter jogado.

josescp disse...

Uma excelente análise. Fiquei muito contente com o comportamento da equipa e com a evolução verificada depois dos resultados menos bons dos últimos 3 jogos. Boa circulação de bola, capacidade de construção de jogo e um enorme potencial pelas alas. Julgo que matias fernandes e Capell em forma mais o excelente jeffren serão o acréscimo de qualidade que fará toda a diferença. Concordo que Wolfswinkel devia ter entrado até porque é muito eficaz a concluir com os pés e a aparecer a concluir jogadas das alas. Na fase final isso teria feito toda a diferença. Percebo que Domingos esteja a dar hipóteses a Djaló mas rapidamente perceberá a inutilidade da coisa. É jogar, na maioria dos jogos, com um a menos. Óptima opção para a defesa depois de ter ficado clara a incapacidade de Carriço. Polga -de longe o melhor central Sporting - e Rodriguez são uma boa dupla. O americano em forma é uma boa opção porque é forte no jogo aéreo embora seja muito lento. No resto a aposta em Postiga- bom jogador mas medíocre finalizador - é de mérito duvidoso mas compreende-se. Domingos está a construir uma grande equipa capaz de dar alegrias aos sportinguistas.

Anónimo disse...

Apesar do empate e já o disse nem a feijões gosto de perder, acho que fizemos um belissímo jogo, que estou plenamente convencido irá dar excelentes frutos. Vamos apoiar a equipa durante os jogos e verão que os resultados positivos vão aparecer. Saudações Leoninas.

Raf77 disse...

Considero a análise aos 2 momentos de pressão do Domingos perfeita.
Infelizmente para o Sporting Domingos fraquejou onde menos esperava, no escalonamento dos atletas.

SL

Anónimo disse...

Comentário ao post e a alguns comentários:

"Concordo que o Wolfswinkel é que devia ter entrado, mas para o lugar do Postiga." - Concordo, se tivesse acontecido ao minuto 0, Wolfswinkel a titular em vez de postiga (quantas oportunidades falhadas? e antes deste jogo? quantas?).

Alguém notou o facto de não termos flanco esquerdo (Carrilo? Capel ainda me parece em baixo)? Evaldo e Yannick são dois menos na nossa equipa. Se não têm motivação, não joguem até a ganharem, não prejudiquem é o meu sporting por favor.

Evaldo sobe muito, cruza pouco e mal, não desce.

Yannick velocidade é com ele...e a bola? Ou ficou lá atrás e já deu origem a contra-ataque, ou já saiu de campo, ficando na posse do adversário. Qualquer das duas me desagrada.

Postiga até é o que acho menos mau dos 3 referidos, mas parece-me o que claramente prejudica mais a equipa, visto que o que se pede num jogo é que se marquem golos (principalmente a perder), coisa que este senhor não é exímio a fazer.

Polga sempre gostei, claro que fui forçado a admitir o seu momento de baixa forma quando o atravessou, mas sempre senti que ali havia leão de valor.

Rodriguez parece-me à altura...do Olhanense, veremos em caso de maior exigência.

André Santos será nervosismo com a concorrência?

João Pereira capitão? Será que ganhou juízo? Espero que sim, embora nunca possa chegar a ser o "meu" capitão. Faltam-lhe maior definição nalguns lances de ataque, equilibrar essa definição com a vontade que tem de levar o jogo para a frente.

Rinaudo nada a apontar. Tenho de fazer observação futura.

Jéffren...tendo-o dito em relação a tantos outros de outros clubes, por mim só já jogava daqui a 3 meses. Não se faz o que ele fez a um colega de profissão, mesmo que adversário.

Schaars há-de sempre ser inflaccionado nos meus comentários, adoro jogadores holandeses, é outra classe. Pena aquele remate a 30 cm do poste, podia ter entrado.

Patrício não me pareceu nos melhores dias, há ali uma saída que ninguém chega à bola...nem ele! No golo nada a fazer, é quase impossível... (já agora ninguém sai ao Wilson Eduardo?)

Izmailov tem as minha boas-vindas, espero que o 7 nas costas não lhe pese como a Sá Pinto e Niculae, não perdoou nenhum.

Rubio tem calma...o melhor está para vir, não fiques nervoso quando deixas de jogar futebol a brincar, este é igual, é bola no fundo e pronto.

Capel tem de melhorar a forma física. Não o conheço extensamente, só observei um jogo dele pela Espanha, mas pelos elogios que lhe teceram espero mais, muito mais!

LEÃO PENSADOR disse...

Cantinho quando tiver um tempinho visite o meu blogue.

Um abraço

A minha opinião continua a ser: o espirito derrotista e laxista dos "velhos" contamina a vontade e querer dos "novos". Enquanto a vassoura não fizer o trabalho completo, o circuíto vai-se repetindo.

http://conselholeonino.blogspot.com/2011/08/pescadinha-de-rabo-na-boca.html

SCP disse...

Olha no meu blog tem o teu blog na minha lista de blogs enquanto que no teu não tem nada sobre o meu blog.

Aguardo Resposta

http://abancadanascente.blogspot.com

Anónimo disse...

http://mastergroove2010.blogspot.com/2011/08/o-sporting-e-birra-dos-arbitros.html

Sporting_ao_Ataque disse...

Olá

Gostaria de lhe propor uma troca de links entre os nossos blogs. O meu é http://www.sportingaoataque.blogspot.com .

Em caso de concordares, responde por comentário ou via e-mail.

Obrigado

Sporting ao Ataque