domingo, 27 de março de 2011

Vergonha

Estou triste e profundamente envergonhado.

Já não reconheço o meu Sporting Clube de Portugal. O que se viveu ontem é o culminar de um mandato desastroso de Bettencourt que afastou os sportinguistas, desunindo-os, abrindo uma "caça ao Poder" sem precedentes e com graves consequências para o Futuro.

Haverá pouco a acrescentar ao que já foi escrito na blogosfera que eu reconheço. Quando ontem alertei para o Não Voto em Branco e quando desejei "Boa Sorte" ao Sporting, era porque imaginava o pior. Mas nunca o que viria a acontecer.

Quando um Presidente que vence (???) tem que ser escoltado, fazendo o seu discurso de vitória escondido, então estamos perante a página mais negra da nossa História. Mas, tal como ocorreu com o Bettencourt em cada acção sua, cedo se percebe que isto só tem tendência a piorar.

Ontem não foi o primeiro dia do resto da vida do Sporting Clube de Portugal. Foi o último. Pois o meu Sporting morreu.


ps1: estou curioso para saber em que Auto-Estrada vai, desta vez, Domingos cometer a sua 2ª traição ao Sporting.
ps2: a segurança que, ontem, foi feita no acto eleitoral já foi sob responsabilidade da empresa de segurança do actual membro da Direcção, Paulo Pereira Cristóvão?
ps3: espero que nas próximas eleições façam o que já deviam ter feito há muito tempo na Madeira e que se processa, normalmente, no 3º Mundo. Mandem vir os Capacetes Azuis para garantir a Veracidade do acto eleitoral.

11 comentários:

Rui Moreira disse...

A Mesa da Ag do Sporting anunciou 88.530 votos. Depois Lino de Castro anunciou que GL venceu com 33.275 votos, correspondentes a 36.55% dos votos. Mas 36,55% de 88.530 votos são 32.257 votos e não 33.275! Alguém me consegue explicar isto, sob pena de ficar um manto de suspeição sobre as eleições do Sporting?

Obrigado,

Rui Moreira

qualquercoisa disse...

http://futebolfilosofal.blogspot.com/2011/03/rip.html

PG disse...

Por Redacção "A BOLA"

O Sporting divulgou este domingo os resultados finais das eleições de sábado, que tornaram Godinho Lopes presidente, onde votaram 14.619 sócios, para um total de 91.482 votos.

Estes números, que estão no site oficial do clube, são superiores ao último balanço feito por responsáveis do clube, sábado após o último votante.

Na altura, às 20.45 horas, foi anunciado que tinham votado 14.205 sócios e um total de 88.530 votos expressos.

Esta diferença, segundo o Sporting, está relacionada com as informações do computador e dos cadernos eleitorais.

Assim, Godinho Lopes venceu as eleições com 36,55 por cento dos votos (33.275), com Bruno Carvalho a conseguir 36,15 (32.915), perdendo por apenas 360 votos.

O candidato José Dias Ferreira conseguiu 16,54 por cento (15.062 votos), seguindo-se Pedro Baltazar com 8,80 (8.013) e Abrantes Mendes com 1,95 (1.777), tendo-se ainda registado 59 votos brancos/nulos, que correspondem a 440 votos.

Se cada sócio tivesse apenas um voto – o que não acontece, pois têm entre um e 25 consoante a antiguidade –, a vitória seria de Bruno Carvalho, em quem votaram 6.047 sócios, contra os 4.511 de Godinho Lopes

Petter disse...

Rui Vitoria treinador de Godinho Lopes.

http://www.superbraga.com/forum/index.php?topic=17718.msg322830;topicseen

Saudações Leoninas.
Petter

Anónimo disse...

http://www.lusofans.com/TeamArticle.aspx?ArticleId=1725&TeamId=3

João Mendonça disse...

Quem ficou a perder foi o Sporting!
Não votei GL ... mas o que se fez ao Homem parece um clubezinho de bairro.
Que se averigue o que se passou, se houve fraude explusar 4ever os fraudulentos do nosso Clube, se não vamos deixa-los trabalhar na expectativa que façam alguma coisa.
Eu no fim da proxima época vou lá estar a "fazer as contas"
FORÇA SPORTING
SAUDAÇÕES LEONINAS

Anónimo disse...

"Escoltado" "escondido". És com certeza muito corajoso. Se tivesses 250 animais a actuarem em bando, ficavas na praça a dar a outra face?

Sim eu sei, se fosse o bruno ficava...

Deixem de ser ridiculos.

Cantinho do Morais disse...

Anónimo,

Diga-me (em todo o blog) onde é que eu falo no Bruno Carvalho e onde é que está explícito que o apoiei.
Diga-me, igualmente, onde é que eu digo que "o Bruno" é melhor ou pior do que Godinho Lopes ou outros?

Estas eleições cheiram mal desde do início. Se fosse Bruno a ganhar (não sei se isso não aconteceu) e se tivessem verificado os mesmos acontecimentos, tinha um post no mesmo sentido que este.

Godinho Lopes discursou para uma minoria, a tal que o "elegeu". Se acha isto normal...

Violino disse...

O futuro
O futuro está ligado a um processador. Ligado a um ecrã. Ligado a redes de satélites. O futuro está na internet. Nas redes sociais. Nos I-pads, i-pods, e-casts, e-mails. O futuro pertence ao digital, ao wireless, ao plug&play.
O papel, a carta, o jornal, o livro percorrem algumas vias. Os computadores, telemóveis e as tablets percorrem muito mais.

Dizer isto é uma banalidade. Mas pensá-lo numa lógica de um clube de futebol como o Sporting não tem nada de prosaico. Esta é a melhor introdução que consigo imaginar para a ideia que lanço a seguir.
A comunidade de bloggers do Sporting é, goste-se ou não, a frente pública dos adeptos do clube. A AAS é um organismo extremamente útil, mas o seu universo é vasto e genérico. O estatuto dos blogs e bloggers é muito mais incisivo e activo. Até hoje vivemos de uma partilha fugaz e com alguma insistência isolada concebemos uma rede de sites e espaços que partilha uma audiência em crescimento notável.

Os blogs e as redes sociais são hoje em dia responsáveis pela criação de opinião de muitos dos adeptos Sportinguistas. Escapam os info-excluídos, que serão cada vez menos a cada dia que passa. Desde a criação de alguns espaços de profundidade editorial muito avançada e criteriosa, que o adepto entendeu que finalmente existir uma outra realidade, um outro Sporting que não surgia nos jornais e nas TVs, um clube diferente, que falava uma língua diferente, que expressava ideias diferentes, muito diferentes das dezenas de magazines de "paineleiros" ou crónicas desportivas.

Este "novo" Sporting lançou um Candidato às eleições. Quase ganhou. Não estou a dizer que todos os blogs foram partidários da Lista C. Estou a afirmar que sem os blogs, sites ou redes sociais, Bruno de Carvalho teria uma votação semelhante a Abrantes Mendes. Isto acarreta uma grande responsabilidade. Não entendê-la será ajudar o clube a continuar a navegar ao sabor da corrente, limitando-nos a nós bloggers a prestar um serviço digital de avisos, um autêntico serviço de "lembretes" virtuais.

Porque as Claques se organizaram, porque os Adeptos criaram uma associação, porque quem partilha um espaço e uma tarefa semelhante deve reflectir sobre o seu papel, utilidade e qualidade, proponho a quem queira pensar comigo que se comece o quanto antes a edificar a:

BAS - Associação de Blogs de Adeptos Sporting

Não é uma acção de instrumentalização, restrição de liberdade de opinião ou ausência de pluralidade. É precisamente o oposto. A opinião, a critica ou a ideia que respeita o rigor, a verdade e o engrandecer do Sporting só pode ser mais útil, mais eficaz e mais fiável.

A quem interessar pensar sobre isto, o meu e-mail:
verdeaslistas@gmail.com
está à vossa disposição.

Até breve.

Anónimo disse...

Maldito Record...
Desde as 2 da manhã que se gritava "Bruno de Carvalho", "acabou-se o tacho" e outros afins...
Pensei para comigo: Mas este pessoal está a festejar o quê? Ainda ninguém divulgou nada, oficialmente. Isto ainda vai dar para o torto...
Para ajudar ao clima, uma hora antes, uns quantos resolveram "acordar" as hostes... Só fizeram barulho, é verdade. MAs agora percebo que incendiaram as almas da gente.
Quis o destino que fossem as "minorias" a ganhar. Coisa que todos, mas mesmo todos, sabiam que podia acontecer e que até era o mais provavel. Todos nós sabiamos as regras do jogo.
Mas agora...
Agora é bola na frente.
Não votei no GL mas para mim, até novas oportunidades (à Sócrates), vai ser o meu Presidente.
SL
Sócio 7149

PS: Parece que a sócia 7504 não podia votar (porquê?) e que teve direito a 10 votos. Não me parece que seja motivo para tanta conspiração

Petter disse...

DAISY ULRICH. Filha do Fernando Ulrich. Pesquisem por esse nome e vejam com os vossos próprios olhos.... mais não digo.