quinta-feira, 29 de março de 2012

Justo

(retirado de www.zerozero.pt)

Todos nós queríamos que ficasse 2-0 ou, até mesmo, 1-0. Mas sejamos honestos. O Metalist provou que é uma grande equipa, com um meio-campo ofensivo muito talentoso e dinâmico.
Por muito que nos custe, o resultado é inteiramente justo para as duas equipas.

Grande Rui Patrício (mais uma vez)!
Excelente 2ª parte de Capel.
Dupla de centrais de grande concentração e rigor.
Daniel Carriço que irá fazer muita falta (Neto estará muito verde e é demasiada responsabilidade para aguentar 90 minutos na Ucrânia).
Izmailov... tanto tempo sem ele. O futebol não merece a sua(s) longa(s) ausência(s).

A inexperiência de Insua, Carrillo, Wolfs e, também, Jeffren, aliados à ausência de Izmailov, não permitiu um melhor controlo da posse de bola no meio-campo adversário, na fase final da partida. Mais do que o 3-0 (que podia aparecer) era importante retirar a iniciativa ao Metalist. Tinha que se ganhar mais faltas e "sacar" mais uns amarelos.

O caminho faz-se caminhando e hoje demos mais um passo. Estamos em vantagem. (a vitória, o empate e a derrota pode levar-nos às meias-finais).

Continuar a apoiar e a acreditar!

8 comentários:

Karl disse...

Só faltou falar da merda do arbitro! Poderia ter expulsado o central aquando da falta q deu origem ao segundo golo! Pelo menos, eles teriam mais dificuldades para jogar contra 11!
Infelizmente o canholas (Wolfswinkel) é quase um nulidade... O lance do golo do metalist começa no falhanço desse gajo no ataque e a falta de descernimento dele deu o contra ataque e a jogada do Penalty! Foi pena...

QUINTA DEL DUQUE disse...

Hoje soube a pouco, caro Cantinho...

http://quintadelduque.blogspot.pt/2012/03/nao-ha-varinhas-magicas.html

Cantinho do Morais disse...

Karl,

de facto o Papa Gueye deveria ter levado o 2º amarelo, mas a arbitragem foi equilibrada e deixou jogar, prejudicando, algumas vezes o Metalist. Mas o vermelho retiraria alguém do meio-campo ofensivo para colocar um central e isso podia trazer mais tranquilidade à nossa defesa.

Duque,

não soube a pouco. não jogamos sozinhos e, do outro lado, está uma grande equipa com um orçamento superior ao nosso e que ainda não tinha perdido fora de casa. continuar a acreditar.

Mike Portugal disse...

Estava com esperança que o Rinaudo já pudesse dar uma perninha no proximo jogo. Mas se não for, acho que o mais correto será colocar o Schaars a 6.

Cantinho do Morais disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cantinho do Morais disse...

Mike,

Esse também é o meu pensamento. Se Rinaudo não for ao banco em Leiria, dificilmente estará em Carcóvia. No entanto, ele deve ser o primeiro a querer ajudar.
Schaars a 6 obriga a jogar André Martins pois é preciso qualidade na zona 8.

Agora para Leiria, e seguindo aquilo que fazes que é prever o 11, eu faria assim:

Marcelo
Arias (não havendo Pereirinha); Carriço; Ilori (não havendo Rodriguez); Evaldo;
Elias;
Santos (ou Neto) e Martins;
Carrillo; Rubio; Jeffren;

Em Leiria temos como certa a derrota devido a estes factores:
- jogamos fora;
- vimos de um jogo muito intenso;
- o Bartolomeu já falou no jogo (o que é mau);
- Dominguez conhece muito bem o Sá;
- dá na TVI (basta ver as últimas saídas a Setúbal e Barcelos).

Por isso, porque não preparar o jogo de Quinta-feira? Ainda mais porque acredito que, com esse 11 pode-se ganhar (bem) em Leiria.

Mike Portugal disse...

Cantinho,

O meu 11 para Leiria seria:

-------- Patricio
Arias Xandão Carriço Insua
--------- Elias
------ A.Martins Schaars
Carrillo -- Ricky --- Jeffren


O Xandão aguenta perfeitamente os 90m 2x por semana e o Insua é uma garante de qualidade ofensiva. Caso resolvamos o jogo cedo, podemos tira-lo e meter o Evaldo.

O Schaars também aguenta os 90m 2x por semana, portanto não vejo porque hei-te poupa-lo. O Ricky deve jogar, mas poderá ser substituido pelo Rubio na 2ª parte.

Cantinho do Morais disse...

Poderá chover na Marinha Grande e a viagem até Carcóvia é longa. E há jogo na 2nda a seguir contra o Benfica. Todo o descanso é bom.