segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Tonel, não sejas Ricardo Esteves (ou Makukula, ou Jorge Ribeiro, ou Amoreirinha)

Brothers in arms


Na última semana, muito se falou sobre a grande penalidade que deu origem à vitória do Sporting sobre o Belenenses. Eu próprio, no último post, centrei a análise nesse lance porque, de facto, ele foi fulcral no destino desse jogo. 
No entanto, aquilo que foi ficando na narrativa de "canalhas" (como apelidou Dias Ferreira - acho que nunca tinha concordado com Dias Ferreira, há sempre uma 1ª vez...), ou de jornalistas paineleiros (ex: Gosma da Silva, Bagão Félix, Pedro Berra, António Tadeia - neste último, ver este texto), foi que o erro de Tonel, além de premeditado (com requintes, pois escolher o minuto 90, quando se teve 90 minutos para tal), era caso único no nosso futebol. Bem, caso único não. Segundo Tadeia, é preciso recuar 40 anos para ir buscar um caso análogo (Manaca - e logo por coincidência, mais um episódio a "favorecer" o Sporting).

Quem só chegou agora à Terra e ao futebol português (com letra minúscula de maneira propositada), conclui o seguinte: 

"jogadores que tiveram ligados ao Sporting ajudam o Sporting em qualquer situação!! Querem exemplos? Manaca e Tonel!! Isto é científico!"

(talvez um dia lhes mencione as façanhas de Wilson Eduardo pela Olhanense e Académica contra o Sporting, ou os mande ver a final da Taça de Portugal entre o Sporting e a Académica, onde entram uns tais de Adrien e Cédric - mas isso fica para a próxima)


Mas embora a minha cabeça esteja ocupada com outras coisas, ainda houve tempo e espaço para recordar que o "caso Tonel (e Manaca)" não era único no nosso futebol. E encontrei vários casos, mas hoje trago só 3 (+ 1).

Tentei cumprir com os argumentos usados pelos canalhas:
- ligação ao clube "beneficiado";
- lance determinante para a atribuição dos pontos em disputa;
- clube "beneficiado" considerado "Grande";


Vamos lá.

Época 2007/2008
O presidente do SLB, Vieira, tinha despedido Fernando Santos à 1ª jornada e traz, de novo, Camacho, com quem tinha passado férias. para o comando da equipa encarnada (para ao fim já recorria a Chalana…)

A 28 de Outubro, na jornada 8, o SLB recebe o Marítimo. Antes do jogo, o SLB encontra-se no 4º lugar, a 8 pontos do líder FCP e a 1 ponto do 2º, o futuro adversário Marítimo (e, também, Sporting).
O jogo começa mal para os lados do Colombo. Aos 7 minutos, o Marítimo já vence por 0-1.
10 minutos depois, acontece isto:
video

Ora bem, quem é que fez aquele belo penalty? Aquele penalty claramente (in)evitável e que proporcionou o empate ao SLB? 
Ricardo Esteves! 

Mas quem é o Ricardo Esteves?

Ricardo Esteves era um jogador formado no SLB (que esteve emprestado ao Alverca - nunca pensei...) e que antes de fazer carreira no Marítimo e outros clubes, ainda jogou pela equipa B e A do SLB. Desde dos juniores até sair para não mais voltar, jogou, pelo menos, 5 épocas no SLB (tantas quanto o Tonel jogou no Sporting...).
- Ligação ao clube "beneficiado" e que é Grande do futebol português? Check e Check! 
- Lance determinante para a atribuição dos pontos em disputa? (visto que o jogo ficou 2-1 para o SLB...) Check! 

São sinais de corrupção? Se os que consideram o do Tonel (e Manaca) como tal, então...
(para mim, é Azar)
Ricardo Esteves não quis esperar pelo minuto 90. Foi logo aos 17 minutos.


Mas este jogo ainda tem mais um docinho...
Aos 31 minutos, penalty a favorecer o Marítimo! Com Quim expulso, pode-se colocar em vantagem e (ousadia!!) tentar vencer o jogo. 
Mas, por Azar, Makukula permite a defesa a Butt... (atentem, a partir do segundo 25, ao lamento do comentador "isento" da Sporttv - António Simões - quando observa o lance que dá origem à grande penalidade; repito, da Sporttv e não da BTV)
video

Mas, agora por Sorte, Makukula assina pelo SLB (4 épocas e meia), 2 meses depois desse jogo.
No momento merecido da assinatura do contrato, o Rei Eusébio, como a recordar a esse jogo, resolve revelar os seus dons premonitórios (mas ao contrário - sabe o que se vai passar no Passado, e não no Futuro):



Ainda nessa época, na jornada 25 (6 de Abril), o SLB vai ao Bessa para jogar contra o Boavista. Na altura, o SLB lutava com o Guimarães pelo 3º lugar e uma vaga na pré-eliminatória da Champions.
Com 0-0 no marcador, aos 23 minutos o Boavista beneficia de uma grande penalidade. Quem marca? Jorge Ribeiro! 
E o Jorge Ribeiro faz isto:
video

Que displicência, ó Jorge... Como é que o Quim agarra a bola num penalty???

Mas quem é Jorge Ribeiro?


Jorge Ribeiro era um jogador formado no SLB (que esteve emprestado ao Santa Clara - para não desabituar das cores e símbolo da casa-mãe). Entre juniores, equipa B e A do SLB, jogou, pelo menos, 10 épocas no SLB (o dobro quanto Tonel jogou no Sporting...).
- Ligação ao clube "beneficiado" e que é Grande do futebol português? Check e Check! 
- Lance determinante para a atribuição dos pontos em disputa? (visto que o jogo ficou 0-0) Check! 

São sinais de corrupção? Se os que consideram o do Tonel (e Manaca) como tal, então...
(para mim, é Azar)

Mas (coincidências, com certeza), Jorge Ribeiro, tal como Makukuka uns meses antes, também teve Sorte e assina pelo SLB (o clube "beneficiado" pelo seu erro). Desta vez não foi preciso esperar tanto tempo como Makukula, foi logo na semana a seguir:
 (não é para olhar para a notícia sobre o Rúben Amorim... também pode parecer estranha mas, no SLB e neste futebol, não é)


Época 2012/2013
O SLB vem de uma época perdida para o FCP de Vítor Pereira (já antes tinha perdido para Villas-Boas).
Na 1º jornada empata em casa com o Braga, confirmando os maus arranques de JJ na Liga.

Ainda em Agosto, na 2ª jornada, o SLB visita Setúbal, para defrontar o Vitória local.
Um jogo complicado, de certo. Mas, torna-se fácil, logo aos 8 minutos, quando Amoreirinha faz isto:
video

Porra Amoreirinha!! Um pau desses logo a abrir?? Mas o jogador do SLB estava tão longe de criar perigo? Rua! Claro! Estavas à espera do quê? Agora a tua equipa vai ter de defrontar um candidato ao título com 10 jogadores, durante mais de 80 minutos. Obrigadinho...

Mas quem é o Amoreirinha?

O Amoreirinha é um jogador formado no Benfica que, ainda em júnior vai para o Alverca (para onde é que queriam que fosse?). Regressa 3 anos depois à casa-mãe (2004), onde faz 11 jogos; emprestado ao Estrela e nunca mais voltou (só o coração). Teve, pelo menos, 4 época no SLB (menos uma que o Tonel no Sporting).
- Ligação ao clube "beneficiado" e que é Grande do futebol português? Check e Check! 
- Lance determinante para a atribuição dos pontos em disputa? Menos segurança neste ponto, mas deixar a equipa com 10 logo aos 8 minutos....

São sinais de corrupção? Se os que consideram o do Tonel (e Manaca) como tal, então...
(para mim, é Azar)
Amoreirinha não quis esperar pelo minuto 90, como o Tonel. Foi logo aos 8 minutos.


Docinho adicional deste jogo: Zé Mota, o treinador do Vitória, não mexe na equipa aquando a expulsão deste seu defesa e deixa-a a com menos um defesa. Se travar uma equipa grande com os defesas eleitos já era difícil, seria de esperar que com menos 1 (jogador e defesa) ainda seria mais.

Depois de sofrer o 1º golo (aos 14 minutos), Zé Mota mexe e tira um avançado (Pedro Santos) e, só agora, coloca um defesa (R. Silva). A perder 0-1, equipa volta a estar equilibrada… É de treinador!!

Rui Gosma da Silva, se fosse presidente do Marítimo, Boavista e Setúbal, tinha muito jogador para despedir. Isto, claro, e pegando nas suas palavras, se essas direcções tivessem alguém com dignidade.


ps: um agradecimento especial a Spehar pela excelente edição dos vídeos expostos. Se foi perdulário dentro das 4 linhas, agora fora delas é completamente letal. Obrigado!!

18 comentários:

RG disse...

Cantinho,

Os erros propositados são obviamente a favor do Sporting,que é como se sabe o centro do poder futebolístico português.

No caso do Benfica foi só azar que atingiu os rapazes.

Hipócritas é o que são.

SL

Bruno Ope disse...

Muito bom. Normalmente estas coisas vao se dizendo no meio da merda que os lampioes debitam, mas nao ha dados e factos. Bom servico publico. Vou colocar um link num post do meu blogue.

http://3grandesnaliga.blogspot.ae/2015/12/11a-jornada-sporting-belenenses.html

António Tadeia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
António Tadeia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
António Tadeia disse...

Fui agora ler o seu texto, uma vez que o partilhou na minha página de Facebook. Já que me inclui no rol dos "canalhas" que dizem que o erro de Tonel foi premeditado, vou exigir-lhe que me cite a passagem de texto onde eu digo isso. Porque tudo aquilo que escrevi foi sempre no sentido de dizer que foi um erro e nada mais do que isso. Infelizmente há quem tenha com o português uma relação muito difícil. Ou isso ou são vidas muito ocupadas que vos levam a comentar textos sem os lerem.

Cantinho do Morais disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cantinho do Morais disse...

António Tadeia,

está no "rol" dos jornalistas paineleiros (ainda mais porque as declarações de Dias Ferreira ocorreram antes da publicação do seu texto).

Relativamente ao seu texto (que li - mas tenho "com o português uma relação muito difícil"), o que me interrogo é porquê que se escreve sobre o episódio Tonel quando, num passado tão recente, existiram situações tão idênticas (tal como tentei demonstrar no post em análise), e que não mereceram, de igual modo a sua atenção (bem como de outros seus colegas jornalistas).
E, se era para usar uma situação análoga que, ao que parece, ainda gera dúvidas quanto à Verdade Desportiva no futebol português (e falo do episódio Manaca), porquê de recuar cerca de 40 anos quando, como tentei demonstrar, há situações idênticas tão recentes, e com imagens/vídeos para ajudar a debater e comprovar (ou não) a veracidade dos actos em questão.

A indicação do seu texto no meu post foi no sentido de, só agora, é que estes episódios são dignos de serem discutidos (mesmo admitindo o seu "sentido de dizer que foi um erro e nada mais do que isso"), e claramente esquecidos ou omitidos quando ocorreram num Passado recente (embora envolvendo outros clubes).

Resta-me dizer-lhe que não tenho facebook mas, pelos vistos, é uma boa altura para pensar nisso.

Anónimo disse...

post ridículo que só te coloca à mesma altura de rui gomes da silva.

mas muito pior do que as bocas ao tonel, foi o que o sporting fez a eusébio há um par de meses atrás. de forma covarde, desonesta e demagógica, distorcendo as palavra do grande eusébio, herói português, passando a mensagem de que falhou de propósito contra o Benfica. o que facilmente se desmentiu com os factos.

Bruno Ope disse...

Ao anónimo que escreveu "post ridículo que só te coloca à mesma altura de rui gomes da silva.

mas muito pior do que as bocas ao tonel, foi o que o sporting fez a eusébio há um par de meses atrás. de forma covarde, desonesta e demagógica, distorcendo as palavra do grande eusébio, herói português, passando a mensagem de que falhou de propósito contra o Benfica. o que facilmente se desmentiu com os factos."

https://www.youtube.com/watch?v=iZoY6BUDFU4

Explica lá essa tua teoria...

RG disse...

Cantinho,

Fica mais fácil falar do Manaca e do Tonel do que dos outros...os outros dão trabalho e podem fechar portas.

Infelizmente existem quem tenha relação fácil com o futebol português, mesmo quando escrevem e falam na TV sobre o mesmo sem conhecer sequer o jogo na sua essência: técnica e táctica.

SL

Cantinho do Morais disse...

Caro Bruno Ope,

então não dá para ver que esse vídeo é uma montagem "que o sporting fez a eusébio há um par de meses atrás. de forma covarde, desonesta e demagógica, distorcendo as palavra do grande eusébio, herói português, passando a mensagem de que falhou de propósito contra o Benfica. o que facilmente se desmentiu com os factos."?

por favor.. é tão claro. Alguma vez casos desses ocorrem no SLB?
Até há uma semana atrás existia um nome no dicionário do futebol português para mencionar este tipo de episódios: Manaca.
Agora há 2: Manaca e Tonel.
O que têm em comum? Sporting.

Outros casos envolvendo outros clubes? Claro que não.
Porquê que os episódios reportados no post nunca foram alvo de reflexão? Ou mesmo questionar a sua autoria? Porquê que esses nunca foram assunto? É só isso que questiono.

Obrigado pelo vídeo.

Cantinho do Morais disse...

RG,

nem mais.

"Infelizmente existem quem tenha relação fácil com o futebol português, mesmo quando escrevem e falam na TV sobre o mesmo sem conhecer sequer o jogo na sua essência: técnica e táctica."

Nem vamos por aí, porque quem contrata está, com certeza, satisfeito com o trabalho prestado. Mas acrescentava uns elementos que, para mim, são essenciais para esse serviço: emotividade; motivação; paixão.

Futebol (ainda) não é um Velório.

Metralha disse...

Cantinho,

Relembrar tambem a unica expulsão da carreira do jogador do estoril no celebre estoril benfica
Ver Mika no ano passado a levar um chapeu sem levantar os bracos e levar um frsnguinho jeitoso.

Metralha disse...

https://youtu.be/BJ66NLjFEWM

A partir do min 1:20. Alem da perola do comentador, a maneira feroz como rui duarte manda 2 paus ja com amarelo na mesma jogada.

Metralha disse...

https://youtu.be/K8SfUKfb8iE

Vejam a partir do minuto 1.

Cantinho do Morais disse...

Ó Metralha... então? Onde é que queres chegar com isso? Mas algum desses casos (que devem ser casuais) se compara com o grande acto maquiavélico de Tonel? O homem esperou, pacientemente, pelo minuto 90 para fazer aquilo?

A cara de espanto (?) do Rui Duarte, a sequência logo de imagem que passa para a bancada onde estão 2 grandes paladinos da Verdade Desportiva, Rei da Midas e António Chulo Figueiredo e, como bem destacas, toda a narrativa do comentador a arranjar justificação para o jogo se realizar no Algarve, são pérolas que escrevem a História do futebol português.
Obrigado pela partilha.

O Mika combina 2 coisas: reconhecimento pela casa-mãe e o facto de ser mau guarda-redes (mas que já teve o destaque por parte de CS digno de um Renato Sanches).

Metralha disse...

Cantinho,

Com tanto casa bem mais obvio que o do Tonel, é como dizes que para a história ficara sempre manaca e tonel, ambos do Sporting...
Para o Antonio Tadeia e Rui Santos , mandam suspeicoes para depois dizerem que nao ha insinuações... falam de intencionalidade para falar dum penalty.
Bem esteve Rogerio Alves, quando disse que afinal esta semana o Tonel ja era santo,porque os da academica e paços fizeram pior que ele...
Nao é preciso sgradecer , so queria dar mais uns exemplos para enriquecer o teu trabalho. Presumo que mais tarde ou mais cedo iras precisar deste teu excelente trabalho.

Cantinho do Morais disse...

Metralha,

Obrigado pelas palavras. Sabemos bem que não é inocente a Manaca e Tonel. Como há um elemento em comum... O que se pretendeu foi mencionar alguns (há muitos mais) casos em que as analogias e referências a Manaca, agora recuperadas com Tonel, podiam já ter sido usadas, há muito tempo... E, como mostrou bem o Bruno Ope, até envolvendo o 4º melhor jogador português de sempre, o Eusébio.

A do Rui Duarte lembrei-me, mas a do Mika já não me lembrava. E essa do Rui Duarte tem mesmo pormenores escandalosos, pois tratou-se da 1ª expulsão do jogador na carreira (e nem precisou de 45 minutos).