domingo, 31 de janeiro de 2016

Cosmic World *


O Sporting trabalha muito e bem, tem um grande público... Mas não é admissível que o Sporting, o clube que tem a maior média de adeptos no estádio da primeira volta, que as pessoas venham para uma festa, para se divertirem, felizes, que participem no espectáculo, e depois saiam indignadas. Não é assim que se atrai gente para o futebol, tem de ser de outra maneira. 
(Octávio Machado, após mais um espectáculo de circo, onde os palhaços são incapazes de divertir o público.)


Hoje, ir a Alvalade, ou ir a qualquer jogo do Sporting é isto. É sair de lá totalmente revoltado com a falta de respeito que 4 seres prestam à sua profissão, modalidade, competição e restantes intervenientes deste espectáculo milionário. Na bancada, ao intervalo, fora do estádio, no metro, é visível a irritação que as pessoas carregam, quando tudo isto deveria ser um escape à vida real.

Os adeptos do Sporting não pensem que já viram de tudo relativamente às equipas que a APAF e Liga preparam para os nossos jogos (então em Alvalade... onde se sentem cómodos e onde o "gozo" é maior...). 
Se acham que não marcar penaltis escandalosos, validar golos incríveis, expulsar jogadores na 1ª parte por faltas que não cometeram, marcar penaltis por tropeções na relva, assistir a anti-jogo constante, amarelar jogadores que não querem perder tempo, expulsar treinadores, impossibilitar a conquista de títulos por golos validados com a mão ou pela marcação de penaltis contra por bolas no peito, é o máximo que esta gente pode fazer (e já é muito), então estão muito enganados.

Em breve, chegará o dia em que um destes seres marcará, ele mesmo, um golo contra o Sporting. Para isso, basta que o plano de jogo previamente traçado contemple essa hipótese. A falta de vergonha e a total impunidade que rege esta gente é perfeitamente compatível com essa possibilidade.

Até ao dia que o 1º lugar mudar, finalmente, de dono, isto será sempre assim (ou pior).

E nós, o que fazemos? Enquanto existir uma alma que acredite e grite Eu quero o Sporting campeão!!, não vamos parar de lutar e apoiar. Porque nós sabemos o que é Lutar. E se, após estes últimos 30 anos, ainda estamos aqui, então é porque o fazemos muito bem (e eles também nos odeiam por isso).

EU QUERO O SPORTING CAMPEÃO!!!

* este título é de autoria do meu amigo JR, que ontem bem nos avisou que íamos assistir in loco ao verdadeiro mundo cósmico"

7 comentários:

Anónimo disse...

É isso mesmo Cantinho!!!

Mário Santos disse...

É tudo isso.
E, tal como as imagens que postou mostram, muito assustador e espero que não nos apareça mais "sustos" como esse, daqui para a frente. Se isso acontecer, estaremos com certeza, sempre mais perto daquilo que nos propusemos e para o qual tanto ansiámos.
Nós queremos o SPORTING CAMPEÃO!!!!
Abraço e SL

Leão de Alvalade disse...

É que é mesmo isto, Cantinho.

Abraço

RG disse...

Cantinho,

Vai ser complicado....muito complicado!

Abraço

Cantinho do Morais disse...

Mário,

se as arbitragens e ataques continuarem assim por muito tempo é um claro sinal que a luta ainda está do nosso lado. Por outro lado, a história deste futebol já nos mostrou muitas vezes o sadismo desta gente. Recordo que em 2005, já com o campeonato tirado pelo Paraty em pleno Colombo, ainda foi possível assistir a uma vergonhosa actuação de António Costa (mais uma, desse porco de Setúbal) na última jornada, contra o Nacional da Madeira, retirando-nos do 2º lugar e do apuramento directo para a Champions. Eu estive lá e vi bem o que essa gente é capaz. Até actual treinador do FCP deve ter isso bem presente na sua memória.


Leão,

A 10 minutos do fim tive a convicção que já nos tinham tramado. Já não haviam forças em campo. Tudo está puxado ao limite. Foi surreal assistir aquilo tudo. O estádio estava em choque com a pouca vergonha e incrédulo com o "à vontade" com tudo se processa, ali, jogo após jogo. O estado em que as pessoas estavam no fim do jogo não é compatível com um espectáculo. Não faz sentido ir a um jogo e sair de lá irritado, nervoso e cansado. É contra-natura, mas a verdade é que esta corja que manda no futebol em Portugal não nos quer lá. Veremos quanto tempo se resiste mais.
Grande abraço.


RG,

Eu diria que será quase impossível. Em jogo jogado e nas bancadas, é difícil vencerem-nos. Mas não é isso que impera. Há sempre algo mais que não se consegue controlar. Pelo menos nós não conseguimos controlar. Há clubes que conseguem...
SL

Anónimo disse...

Caro Cantinho, não me lembro de em outro Estádio, e em 2 jogos seguidos a equipa de arbitragem marcar uma coisa e voltar atrás! Eu não vejo isto acontecer em mais lado nenhum em Portugal ou no Mundo. Nos resumos dos jogos nos telejornais vejo golos em fora-de-jogo, marcados precedidos de falta atacante, penalties de toda a espécie mal marcados, mas não vejo os árbitros voltarem atrás nas decisões, só em Alvalade. E curiosamente em lances em que o Sporting é o não beneficiado. Exactamente por causa disto e de alguns golos invalidados(p.ex. a Slimani) eu já não comemoro de imediato os golos, ou penalties a nosso favor, olho é de imediato para o apitador e bandeirinhas e se for caso disso comemoro o golo! É triste. Mas pode ser que passe...SL

Cantinho do Morais disse...

Anónimo,

além de tudo isso que menciona, imagine uma equipa como a Académica rodear um árbitro em plena Catedral ou Dragão. Imagine o que acontecia. Além de verem o golo anulado, passavam a jogar com 9, ou menos (pois naquela altura, com as faltas que fizeram no jogo, já estariam em inferioridade numérica). E na época passada com o Rio Ave? Quando um penalty justamente marcado a nosso favor levou a "peitadas" dos jogadores do Rio Ave ao árbitro? O que aconteceu? Nada...

E isso da comemoração dos golos também se passa comigo. Por vezes, os meus companheiros já estão de pé e eu sentado à espera da decisão do fiscal de linha. É triste, mas é verdade.

O Sporting é pioneiro em muitas coisas, infelizmente.

SL