quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

E jogar à bola? Isso é que era... para variar

Após uma normal vitória sobre uma equipa da 3ª Divisão para a Taça de Portugal, seguida de ganhar um ponto a um Grande e Candidato ao Título (cá dentro e lá fora), o Sporting voltou à sua regularidade exibicional e ao resultado mais normal, o empate. Este "jogo" serviu para confirmar umas quantas coisas:

- O que era importante era tirar de lá o Paulo Bento, pois a merda continua a ser a mesma. E este ponto foi bem visível até nos comentários dos "jornalistas". A exibição paupérrima da 1ª parte era elogiada pelo Rui Santos!! Queria ver se fosse um tal de risco ao meio o treinador.
- Miguel Veloso a médio-direito? Izmailov gosta de jogar na esquerda? Mas rendeu mais à direita?
- Pedro Silva, Grimi, Polga e Postiga continuam a ser jogadores do Sporting? (sei que jogadores é um termo inadequado, troquem por assalariados)
- Será que mudou mesmo alguma coisa? Ou o jogo com o Benfica foi só "tesão de mijo" e a garra normal de se jogar contra um candidato ao título?

Os meus receios estavam certos. A sensação que fica é que os jogadores quando querem, jogam, quando não querem é a merda de sempre. Não me lembro de um Sporting tão mau e fraco e acreditem, já vi muita merda em Alvalade. Até um Vinicius ou Gil Baiano tinham lugar ali.

Carvalhal, mais do que falares bem e muito, há aí muito trabalho. Tens que cortar com alguns jogadores. Não contes com eles. Não dá. Já tiveram as suas oportunidades. Chega.

Liedson, é na boa. Podes falhar os golos que quiseres que o teu lugar no Mundial está garantido. Ainda mais que não seja, assim fazes uma época de merda, mas não te lesionas. Já valeu a pena renovares o contrato.

As únicas perguntas que têm de ter uma resposta ponderadas são estas:

Porquê que queremos continuar na Liga Europa? Para sermos, novamente, humilhados?
Acham mesmo descabido o que disse o Jorge Jesus no final do derby?
A jogar assim não será um pouco difícil garantir a manutenção no principal escalão do futebol nacional?

A resposta à última questão começa a ser respondida já na próxima segunda-feira, em Setúbal.

ps: este post não é um revivalismo oco em torno de Paulo Bento. Se este futebol é o nojo que se vê, muito se deve a ele. Mas os ovos continuam a ser os mesmos e muito do futebol que se pratica acaba no banco e passa para o campo onde estão os jogadores, os principais responsáveis e interpretes.

3 comentários:

LC disse...

Gosto muito de ler certos e determinados artigos deste blog, mas ao ler isto: "...seguida de ganhar um ponto a um Grande e Candidato ao Título..." penso que está tudo a ficar louco.

Então o Sporting (um dos 3 grandes) empata em casa com o Rival e dizes que ganharam um ponto?

Isto anda mesmo mal.

Cantinho do Morais disse...

LC,

Agradeço a tua vinda a este espaço bem como as palavras, de certa forma, elogiosas, relativamente ao conteudo do mesmo.
Admito que terei exagerado nessa parte que indicaste, mas este é o estado de alma após se ver um jogo tão fraco como foi o que se realizou ontem. Após o comportamento exemplar de sábado não se pode fazer uma exibição como a que foi feita ontem.
Parece uma equipa pequena a jogar. Contra o Benfica "comeu-se a relva" mas ontem já não. Será isto o comportamento normal de um GRANDE?
É que se tivesse sido só ontem, podia-se dizer "ok, correu mal", mas tem sido sempre assim e, hoje em dia, não há uma única equipa que não tenha respeito pelo Sporting nem pelo facto de jogar em Alvalade.

Abraço

noticias disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.