quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Fica isto

©Getty Images

É melhor ficarmos só pela imagem do melhor que houve de Sporting, esta noite, em Londres. Claro que estou referir-me ao Sporting que esteve dentro de campo. Pois nas bancadas, tivemos sempre bem, mesmo muito bem (apoio impressionante que deveria fazer corar qualquer adepto oriundo da pátria do futebol).

Ficamos por aqui. Se me alongo mais terei de falar de coisas que não quero, correndo o risco de ser (demasiado) injusto. Teria de referir nomes como Capel, Slimani e William, questionar o porquê de Esgaio ter sido relegado/esquecido injustamente para a B no início de Setembro (depois de fazer excelentes jogos a titular, inclusive na luz) e, agora (lembraram-se dele? teve de ser...), ser lançado às feras, correndo o risco de se "queimar" definitivamente (quando é claramente melhor que qualquer dos elementos concorrentes de Cédric). 
Mas não o farei. Fica só esta imagem. 
Hoje também não é dia para ter pesadelos derivados de lamentos eslovenos ou pactos germano-soviéticos. 


Mas uma das coisas positivas que levo deste jogo (além dos elementos da imagem que ilustra o post [mais Paulo Oliveira]), é a confirmação que temos um grande plantel. É que mesmo face às ausências forçadas (porra Nani, logo neste jogo...), o 11 escolhido tem tanta qualidade que permite deixar o Montero de fora.


ps: Que ninguém venha dizer que o Chelsea não facilitou. Querem melhor ajuda do que pedir aos próprios adeptos que ficassem em casa, deixando Stamford Bridge só para ser usado pelos 3500 leões?

12 comentários:

jose guinote disse...

Lamentável a opção de Marco Silva de deixar Montero de fora. Começámos a perder o jogo nesse momento. Lamentável o atraso a reagir aos dois a zero aos 18 minutos. Cappel estava desastrado e assim continuou. Um a menos. João Mário confirmou a sua quebra de forma. Como teria sido o jogo com um ataque móvel e com capacidade para ter a bola e ensaboar o juizo aos ingleses. Com Montero, Carrillo e Mane ? Slimani e Cappel só podiam ser opções para um último forcing, caso tivessemos que virar o resultado. Esgaio tem sido mal tratado, depois dos bons jogos que fez no inicio. Depois querem o quê? William deve ter afastado todos os potenciais compradores. Está uma nódoa. Carrillo fez o melhor jogo desde que chegou ao Sporting. Fantástico.

Cantinho do Morais disse...

José Guinote,

partilho muitas das suas leituras. Só não acho que William tenha afastado potenciais compradores. Acho até que tenha conseguido mais alguns, pois o seu passe, com esta exibição, terá ficado bem mais acessível.

Não digo que estes jogos servem para colocar os "pés na terra" a alguns jogadores (que pensam que já têm o mundo nas mãos e pés), porque essa noção já deve ter sido adquirida no momento em que viram, ao vivo, o 1º treino do Nani. Aquilo sim, é um jogador feito e de topo.

A nossa Liga é outro nível. Os nossos jogadores mais apagados (aqueles que sabemos que jogam bem mas que têm estado mal - William, por ex.) vão melhorar, estou certo.

RG disse...

Cantinho,

Convém realçar a boa campanha da equipa e que apenas fomos afastados de continuar na CL devido a erros próprios. Não fosse a expulsão estúpida de Maurício na Alemanha e aquel parvoíce dos 2 centrais em Maribor, e estaríamos com toda a certeza nos oitavos e quem sabe a defrontar o Mónaco ( sim estou a ser demasiado optimistas ).

Esperamos que agora no campeonato possa haver uma recuperação, caso contrário parece-me que jogar apenas para a Taça de Portugal será penoso.

Sei que ainda temos a LE, mas não acredito muito na campanha!

Jô disse...

RG,

Mesmo com os erros que cometeu (e foram muitos), o Sporting jogou o suficiente para passar.

Dentro do campo jogou o suficiente para ter pelo menos 8 pontos.

Só não teve esses 8 pontos por motivos a que a equipa é totalmente alheia.

Pelo que essa teoria do "apenas fomos afastados de continuar na CL devido a erros próprios" é no mínimo muito redutora.

Houve erros próprios, houve erros de terceiros e também, como é evidente, houve mérito das outras equipas.

Foi por tudo isto que o Sporting não passou.

Deixe de bater no ceguinho.

Cantinho do Morais disse...

Jô,

Acho que o RG quis focar os erros que nós podemos controlar e não aqueles (que todos nós sabemos que existiram e foram determinantes) que ocorreram de forma "externa".
Erros defensivos, faltas e amarelos parvos são coisas que se podem trabalhar e melhorar (até no Maurício - hoje estou numa de crente).

RG,
A qualificação directa para a Champions ou, no mínimo, o 3º lugar mas próximo dos 1ºs é que o se exige. O investimento e o plantel é para isso.
Transformar a época num só objectivo (TP) não pode ser.
Quanto à Liga Europa, não tenho grandes expectativas. Este Sporting é muito desequilibrado. Geralmente sofre sempre golos. E isso, em eliminatórias a duas mãos (com alemães e italianos) pode ser fatal.

RG disse...

Jô,

Realmente a equipa é alheia aos 2 chouriços em Maribor de Sarr e depois Maurício.... que faria com que ontem se tivesse ido cumprir calendário.
A equipa também é alheia ao facto de Maurício ser do mais básico, e porque não dizer:burro, e cometer uma falta para 2º amarelo, quando o jogo estava mais do que controlado na Alemanha. Aproveito para dizer que quando digo que equipa é alheia é porque tenho plena convicção que tirando o Maurício e o próprio Sarr, todos os outros preferiam ter centrais com qualidade.

Querer passar a ideia que foi a arbitragem a causa da nossa eliminação da CL é no mínimo tentar influenciar opiniões e achar que todos somos ignorantes. Teve alguma influência? Teve. Caso Maurício e Sarr não tivessem errado em Maribor e Maurício em Gelsenkirchen teríamos passado? Teríamos!


No entanto a sua "justificação" não é nada que não seja habitual nos últimos tempos, alias vimos o sr presidente a justificar a eliminação da taça EHF por diferença de golos marcados fora, com a falta de pavilhão próprio, como se tendo pavilhão próprio sofrêssemos menos golos ou marcássemos mais, não tendo qualquer influência a qualidade dos jogadores de uma lado e de outro.


Cantinho,

Obrigado por ter interpretado as minhas palavras correctamente. Está na altura de usarmos as arbitragens como desculpa apenas quando devem ser usadas. Neste caso, e como referiu em interpretação às minhas palavras, tivéssemos nós feito o nosso trabalho correctamente, e o russo podia naquele jogo ter marcado 3 ou 4 penaltis parecidos, que nem assim nos teria afastado dos oitavos.

Acredito que podemos ficar em 3º ou até 2º, pois não vejo o VSC aguentar a pedalada muito mais tempo, e com a perda que parece ser certa de Enzo e talvez Gaitán, também não vejo o SLB conseguir manter esta regularidade. No entanto esta época podia ser de certa forma uma viragem. Não acredito que tão cedo voltemos a ter um SLB mais fraco em todos os sectores, e um FCP em construção e a necessitar de tempo. Neste momento com a distância parece-me que iremos lutar pelo 2º e 3º....é um objectivo, mas não o da vitória final.

No restante temos uma taça da liga, em que acreditando nas palavras do sr presidente, que vai ser jogada por juniores e equipa B, portanto dificilmente será disputada para ganhar e uma LE onde concordo com a analise feita por si.

Resta então a TP onde me parece que podemos ser capazes de a voltar a levar para Alvalade.

No entanto temos em breve um mercado a abrir, que quem sabe possa trazer boas novidades e, com isso algumas das minhas e até suas analises não se concretizarem.

PS: Com uma dupla de centrais capazes, vejo-me a fazer o mesmo que SLB fez nos últimos 2 anos na LE.

Jô disse...

"Querer passar a ideia que foi a arbitragem a causa da nossa eliminação da CL".

Explique-me lá onde é que eu disse isso ou quis fazer passar essa "ideia".

Bem pelo contrário.

Eu falei em três tactores que concorreram de forma muito evidente para o afastamento do Sporting, nomeadamente: os erros da equipa (incluindo os do Maurício e do Sarr), os erros de terceiros (incluindo os da arbitragem) e mérito das outras equipas (onde se incluem, por exemplo, as 2 derrotas com o Chelsea).

Tudo isto é objetivo e incontestável.

Aqui a única pessoa que quer centrar as atenções nos erros da equipa (como se os outros não contassem e não tivessem sido decisivos) é você.

O seu discurso e a obsessão com o presidente (como se isso viesse ao acaso) diz tudo sobre o que o move.

Nem percebe que com isso está a denegrir uma equipa que, apesar de todos os erros, teve mais qualidade que o Shalke, foi desportivamente superior e merecia ter ido mais além.

Não faça dos outros burros.

Nem meta o presidente em tudo o que é assunto do Sporting.

O Sporting é muito mais do que isso.

Anónimo disse...

Se me permite o Cantinho do Morais dia ao caro RG , apenas o seguinte:Se tivesse praticado desporto ao mais alto nível veria que é extremamente importante treinar e jogar no mesmo sitio. Aliás o nosso antigo atleta do andebol, em entrevista ao jornal Sporting, refere esse problema e diz, grosso modo, que saber que a baliza está ali naquele ângulo ou não, tem muita importância. Se nós queremos ser campeões em modalidades de Pavilhão temos que ter o nosso . A propósito já todos contribuíram para a Missão Pavilhão? SL

RG disse...

Caro Anônimo,

Eu pratiquei desporto de nível num clube que felizmente tinha pavilhão próprio.

Ora como deve calcular, jogar em casa era importante, mas não fosse a qualidade que tínhamos no plantel dificilmente ganhávamos em casa ou fora.....E quando as equipas são equilibradas ou a coisa pende mais para um lado do que outro, a coisa não se decide por se jogar em casa ou a 1km de casa. Aliás basta reparar que o futsal tem ganho títulos a vários kms de casa e na casa de adversários.

Caro Jô,

"Só não teve esses 8 pontos por motivos a que a equipa é totalmente alheia." Isto é o quê? É dizer que não fossem os erros do Sarr e do Maurício estaríamos na CL? É que se é não parece.

Meu caro o senhor é que usou a desculpa do presidente para justificar o que não deve ser justificável. Tal como acólito que demonstra ser do senhor Bruno! Tal como ele fez para o andebol o senhor responsabiliza outros, sejam pessoas ou imobiliário, do fracasso de uma competição.

Tal como o presidente diz que no Andebol, em que fomos eliminados por diferença de golos marcados fora, com pavilhão teríamos passado, como se não fossem pessoas que jogam, o senhor tenta passar a ideia: "sim senhor existiram erros, mas n fosse o russo na Alemanha tínhamos passado".

Ora mediante o facto de usar as mesmas estratégias que o supremo líder, achei por bem referir o mesmo, tal a desculpa esfarrapada dada por si e pelo presidente.

Não estou a tirar qualquer mérito, estou apenas a referir o que é evidente....Se não qualquer dia estamos a dizer que o 7º lugar até foi bom, pois não tivessem havido erros externos teríamos ficado em lugares cimeiros!!! Está na hora de assumirmos os próprios erros. A equipa esteve bem, lutou bravamente, mas infelizmente tirando 2 ou 3 jogadores, ainda n temos a categoria necessária para lá andarmos, haja ou não erros externos. Começa a ser altura de sermos exigentes com nós próprios e com os que prometeram e prometeram e, como diz o RAP no anuncio do Montepio: Não os vejo a fazer nada!

Não se pode prometer títulos, troféus ou lutas para esses mesmos troféus e, no que se pode controlar e melhorar, nada fazer para que tal aconteça.

Sabe estou um pouco farto, ao contrário do que senhor aparenta, de vitórias morais, onde a responsabilidade é sempre dos outros e nunca dos nossos. Já chega....as épocas de Marinho Peres e Dominguez, Carlos Queiroz, Mirko Jozic, etc, já me deram essas vitórias, vitórias devido a termos os melhor futebol, e onde a desculpa dada era exactamente a que deu agora: não fossem erros externos tudo tínhamos ganho.

Jô disse...

RG,

Julgou-me mal.

Estou-me nas tintas para o que o presidente diz ou deixa de dizer, porque felizmente ainda sei pensar pela minha cabeça. Nem sequer tinha ouvido essas declarações sobre o pavilhão.

Além disso, também odeio vitórias morais.

O que nos separa é que eu entendo que não passámos por causa dos erros da nossa defesa, dos erros do árbitro na alemanha e da nossa falta de capacidade para lutar com equipas como Chelsea.

Você acha que a culpa é do Maurício e do Sarr.

E acha também mil e uma coisas sobre pavilhões, presidentes e vitórias morais sem qualquer interesse para o caso.

De qualquer forma, consegue dizer alguma coisa minimamente válida que (usando a sua expressão com a qual estou inteiramente de acordo) rebata que: "sim senhor existiram erros, mas n fosse o russo na Alemanha tínhamos passado"?

RG disse...

"O que nos separa é que eu entendo que não passámos por causa dos erros da nossa defesa, dos erros do árbitro na alemanha e da nossa falta de capacidade para lutar com equipas como Chelsea."

Estamos de acordo então neste ponto....embora me pareça que dá mais importância ao erro do russo e não ao erros dos jogadores que são controlados pelos mesmos, pelo treinador e também pela direcção que quando os contrata deve saber da qualidade.

É aqui que diferimos. Tivesse Maurício e Sarr qualidade e tínhamos ganho em Maribor e com isso até podiamos ter levado 20-0 na Alemanha com 20 erros do arbitro russo, que teríamos passado...e nem refiro o erro de principiante que foi a expulsão na Arena Schalke

Jô disse...

Naturalmente, que os erros que caiem fora do nosso controlo têm mais importância.

O Sporting é o que é, tem os jogadores que tem (ou pode ter, mas isso já é outra discussão) e o seu desempenho desportivo tem que ser analisado globalmente (com todas as coisas boas e más e não escolhendo apenas algumas delas).

Um exemplo, RG diz que se Maurício e Sarr tivessem qualidade, teríamos conseguido isto e aquilo.

Tal análise, para além de ser do mais subjetiva que pode haver, é completamente enganosa.

Um exemplo: nunca saberemos o que teria acontecido se, em vez do Maurício e Sarr, tivessem jogado quaisquer outros jogadores, Se calhar, poderíamos até ter perdido e por muitos.

Mas já conseguimos perceber perfeitamente o que teria acontecido se o árbitro russo não tivesse inventado um penalty no último minuto do jogo na Alemanha.

Por outro lado, essa história da qualidade tem muito que se lhe diga.

Um exemplo: se Montero e Slimani tivessem mais qualidade "tínhamos ganho em Maribor e com isso até podiamos ter levado 20-0 na Alemanha com 20 erros do arbitro russo".

Se Rui Patrício e Cedric tivessem mais qualidade "tínhamos ganho em Maribor e com isso até podiamos ter levado 20-0 na Alemanha com 20erros do arbitro russo".

Se Nani e Carrillo tivessem mais qualidade "tínhamos ganho em Maribor e com isso até podiamos ter levado 20-0 na Alemanha com 20erros do arbitro russo".

etc, etc....

Como vê, essa tese dá para absolutamente tudo, pois não há jogador no mundo que "não possa ter mais qualidade".